Empresa Jr. Unijui

Da Universidade para a vida

Logo que iniciei os estudos, na Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, popularmente conhecida como Unijuí, confesso que não sabia ao certo o que estava buscando, sabia da necessidade de buscar pelo conhecimento, pelo estudo, isto sim, mas a certeza do que exatamente buscava não fazia parte dos meus pensamentos, na época.

Tão real este sentimento que, lembro-me em uma noite em sala, a professora instigou-nos a falar sobre as motivações pela escolha do curso, em um tom um pouco descontraído, lembro-me de ter dito: “não sei certo o curso que gostaria de realizar e então por este motivo escolhi Administração.”

Esta experiência ficou na memória, dando lugar para outras novas e desafiadoras, da vida acadêmica, e do curso escolhido. Um mix de sentimentos e novas sensações por romper barreiras, por entender o processo, o surgimento da história administrativa, das grandes mentes brilhantes e seus tão conceituados livros, servindo como “bíblia” não apenas como referências bibliográficas, entender o processo do pensador, é fundamental para o crescimento, tanto de nós mero indivíduos quanto em sociedade.

Uma das experiências mais marcantes da minha vida acadêmica, teve início em 2015, como voluntária na Empresa Jrº, tive a oportunidade de fazer parte da equipe como Presidente, no ano seguinte. Foram experiências de trabalho, de consultoria, aplicação de questionários, pesquisa de mercado, tabulação, a importância dos dados e das relações tornaram-se mais essenciais que já estavam. Formamos um time muito bacana, com camisetas personalizadas, com registro de ata das reuniões, com previsões de tarefas, e por vezes não conseguíamos dar conta da demanda trazida. Os contatos eram feitos pelo público externo na Universidade, que entrava em contato conosco explicando a necessidade, o próximo passo era marcarmos uma reunião para troca de ideias, sempre em conjunto de um professor que nos auxiliava, dando suporte e credibilidade.

Com a crescente aceleração tecnológica, está mudando a maneira de composição das empresas, inclusive as novas formas de reuniões, a organização dos processos ajudou muito na minha visão empresarial. Organizamos eventos acadêmicos, e de certa forma posso dizer por todos do grupo, sentíamos importantes em representar a Universidade, um estágio dentro da própria Universidade.

Todos os estudantes, independente do curso, mas principalmente futuros Bacharéis de Administração deveriam passar pela experiência que passei, deveriam buscar novas formas de aprender, de se inserir, de arriscar, inclusive em eventos que não sejam específicos da sua área de atuação, aumenta sua visão e o fato de você sair da caixinha já vale a pena, e muito.

Hoje quase me formando, felicíssima na área e profissão que escolhi, não me vejo em outro lugar, administração tem em tudo, é essencial para a empresa, seja pequena, média ou grande, podendo ser Microempresário Individual ou concursado, não importa, importa a forma como você se reinventa, como aproveita as oportunidades que a vida lhe dá, isso vai deixar você mais fraco ou mais forte.

Equipe da Empresa Junior

Contribuição de:
Karla Letícia Morais da Silva
Estudante 7º semestre de Bacharel em Administração
Unijuí

Você conhece o TikTok?

E continuam surgindo novidades no mundo virtual. Temos visto a revolução que significa a entrada dos Chineses no mundo globalizado. Motor da economia mundial, presença em praticamente todos os países do mundo, temos visto agora a invasão de app Chineses guerreando de igual para igual com os grandes players.
Virando febre no mundo, e agora também em franco crescimento no Brasil, surge o TikTok. Um aplicativo de vídeos curtos para celular. Segunda a empresa criadora, ByteDance: “Nossa missão é dar força e compartilhar a imaginação, o conhecimento e os momentos importantes de todo o mundo. A plataforma é a base para expressar a criatividade por meio de vídeos que geram uma experiência genuína, inspiradora e alegre”.

Entre os campeões de audiência do novo APP no Brasil temos Whindersson Nunes com mais de 600.000 seguidores. O APP já tem mais de 500.000.000 de usuários no mundo, e já está entre os mais baixados no mundo. Em alguns países deixa para trás o facebook e o Instagram.

Seu público é majoritariamente jovem, mas crescendo a quantidade de usuários maduros.
Quer experimentar? Já está disponível para IOS ou Android.

https://www.tiktok.com/pt_BR/

Google Nest Mini

Na esteira do lançamento da Alexa pela Amazon no Brasil recentemente, agora é a vez de o Google anunciar o lançamento de suas caixas de som, inclusive no Brasil, a Google Nest Mini, onde funcionará o seu Assistente pessoal (Google Assistente) vinculado ao App Google Home que permite conectar vários aparelhos das residências.

O lançamento, feito na “Made by Google”, mostra as tendências futuras em termos de tecnologia da empresa. O lançamento por aqui mostra a importância do nosso mercado para os players mundiais.

CFA: Prêmio Guerreiro Ramos de Inovação na Gestão Pública com inscrições abertas

No final deste mês (31/10) encerram-se as inscrições do ‘Prêmio Guerreiro Ramos de Inovação na Gestão Pública’. Criado em 2010, o concurso tem como objetivo estimular pesquisas científicas e práticas inovadoras, na área de Administração pública, por meio de premiações em dinheiro e reconhecimento profissional.

Os trabalhos a serem apresentados devem estar relacionados ao tema centro do concurso: “Gestão Pública inovadora em Finanças, Gestão e Desempenho“. Podem participar estudantes e profissionais de Administração, com registro nos CRAs de todo Brasil.

Além do troféu, as premiações em ‘práticas inovadoras’ obterão: R$ 10 mil (1º colocado), R$ 5 mil (2º colocado) e R$ 2 mil (3º colocado). Já na categoria melhor ‘pesquisa científica’ os valores serão R$ 5 mil (1º colocado), R$ 3 mil (2º colocado), R$ 1.500 (3º colocado).

Para o presidente do Conselho Federal de Administração (CFA), Mauro Kreuz, que além de administrador é professor, pesquisador e empresário, o concurso visa contribuir para o desenvolvimento de boas práticas e para o desenvolvimento da Ciência da Administração. Segundo ele, uma das preocupações do CFA tem sido promover o desenvolvimento do país.

“Entre os objetivos que fazem parte da nossa existência (do CFA) está o de divulgar, valorizar e estimular a Ciência da Administração, bem como inovações em nosso segmento. Além disso, o prêmio é uma forma de contribuir para o desenvolvimento do Brasil, na medida em que podemos propor novas formas de gestão e mostrar todo o potencial dos profissionais de Administração, e de nossos estudantes”, explicou.

Na categoria ‘pesquisa científica’ podem participar estudantes de Administração, com registro nos CRAs, que tenham desenvolvido estudos na área da Administração. Já na categoria ‘prática inovadora’ podem participar profissionais da administração, registrados nos CRAs, que tenham implementado, executado, participado ou coordenado práticas inovadoras, na área de gestão pública.

De acordo com o diretor de Gestão Pública do CFA, Fábio Mendes Macedo, o evento trará bons frutos para a administração pública do país. “Queremos também trazer essas práticas para o Sistema, e propor cases de sucesso com a finalidade de desenvolver novos projetos para a área de gestão pública brasileira”, revelou.

 Prêmio Guerreiro Ramos (Edição 2019)

Período de Inscrições: 01/08 a 31/10.

Edital, regulamento e mais informações: 

Prêmio Guerreiro Ramos de Inovação na Gestão Pública – Edição 2019

Fonte: CFA

Bolívia lança seu primeiro carro elétrico 100% nacional.

Uma notícia interessante e pioneira na América do Sul, é o lançamento do primeiro carro elétrico 100% nacional produzido na Bolívia por uma empresa Boliviana, a Quantum Automóveis Elétricos. O veículo comporta até 3 passageiros pode chegar a 55 Km por hora e autonomia de até 50 Km, a recarga das baterias demora cerca de 6 h. O preço de venda do produto está em torno de U$ 5.000 (ou cerca de pouco mais de R$ 20.000,00).

Nestes tempos de grande discussão da importância de energia limpa para reduzir o aquecimento global, o lançamento do veículo Boliviano tem uma importância estratégica para a Bolívia e para a própria America do sul. Vale lembrar que a Bolívia segundo estimativas, tem cerca de 50% das reservas de lítio do mundo, Chile e Argentina tem outros 25%, o que torna nossos vizinhos em fornecedores estratégicos para o mundo. Como o mundo tecnológico em que vivemos depende cada vez mais de baterias para celulares, computadores e para os automóveis elétricos, e estas baterias dependem do Lítio, dá para entender a importância estratégica do lançamento da quantum.

O próprio presidente do país, Evo Morales, falou sobre o lançamento em sua conta do Twitter: “Brindaremos todo nuestro apoyo a los ejecutivos y técnicos de la empresa Quantum, orgullo cochabambino y boliviano, que inaugura con creatividad y esfuerzo el nuevo ciclo de industrialización de autos eléctricos en nuestra querida #Bolivia. Juntos conquistamos un #FuturoSeguro”.

Presidente Evo Morales no lançamento do carro.
Foto: Divulgação Twitter: @evoespueblo.

Nosso portal ouviu o nosso colega Administrador e parceiro do Administradores.Adm na Bolívia Alberto Nelson Vargas Callejas:|
Como administrador de empresas estou orgulhoso pela fabricação de carros eléctricos no meu país Bolívia, mesmo este país sendo subdesenvolvido, ainda temos a iniciativa e a engenharia necessária para fabricar carros ecológicos e de baixo custo; esta fabricação surpreendeu até o mesmo governo daqui, porque não se tem a legislação para esse tipo de carros circular nas ruas das cidades da Bolívia, mas temos sim toda a matéria prima para a fabricação das baterias de lítio, tendo a maior reserva natural de lítio do mundo no Salar de Uyuni em Potosí – Bolívia; lugar muito conhecido como o “mar de sal” na indústria do turismo. O que vem mais adiante é aplicar um modelo de gestão industrial baseado no management 4.0, porque a Bolívia esta no limiar da Indústria 4.0 com a fabricação destes carros, desejo que sejam os profissionais em administração quem dirijam esta nova indústria na Bolívia.

 

Vídeo e Imagem: Divulgação Quantum.