Mestrado gratuito e com bolsa no IPHAN


O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) esta com inscrições abertas até o dia 02/03 para o seu mestrado profissional em Preservação do Patrimônio Cultural. São 10 vagas com direito a bolsa de R$1.500,00.

Poderão se inscrever nas vagas profissionais com formação em nível superior, inclusive do curso de Administração.

Previsão do início dos curso é em agosto de 2020.
Veja o edital e candidate-se:

http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Edital%20de%20Sele%C3%A7%C3%A3o%20de%20Alunos%20Bolsistas%20do%20Mestrado%20Profissional%202020(4).pdf

Programas executivos na Pearson College London e CUOA Business School

Encontra-se aberto o processo seletivo para bolsas de estudos na Pearson College London e CUOA Business School. Ministrados em inglês, os programas cobrem áreas de Gestão, Marketing, Projetos, Logística, Coaching, Criatividade e Inovação, entre outras, além de visitas a empresas e palestras com executivos renomados. Os programas têm duração de 3 semanas e são ministrados nos meses janeiro e julho. Na Itália, os alunos têm a opção de ir à Genebra e visitar duas organizações internacionais: ONU e OMC. Dispomos de 24 bolsas de estudos para graduandos e graduados, pós-graduandos e pós-graduados da Administradores.Adm. Quem estiver interessado, peço por favor que se manifeste nos comentários abaixo com o e-mail ou me mande um inbox, para que eu possa enviar informações completas e a ficha de solicitação de bolsa.

Inscrições para as turmas de julho de 2020 ou janeiro e julho de 2021 vão até 26 de janeiro.

Bons estudos e até breve.
Prof. Ricardo Britto – prof.dr.britto@usp.br
Doutor em Administração pela FEA/USP
Coordenador do programa de bolsas de estudos

Revistas Acadêmicas de Administração

O curso de Administração nas universidades brasileiras é um dos maiores do Brasil em número de alunos. Algo em torno de 80% dos cursos são em IES´s privadas, muitos deles com qualidade duvidosa. Vemos, cada vez mais cursos de EAD, com preços muito baixos, até promoções com custo irrisório para atrair alunos encontramos.

Ainda assim temos visto surgir uma grande quantidade de revistas científicas dedicadas aos cursos de Administração, com conteúdo de qualidade e pesquisas importantes.

Penas que a grande maioria destas revistas são em IES´s públicas, as privadas parecem não valorizar a pesquisa e o desenvolvimento científico.

Parabenizamos as iniciativas e ajudamos na divulgação das mesmas. Torcemos para uma multiplicação destas iniciativas, e no crescimento da formação dos futuros Administradores e Professores de Administração.

Abaixo algumas das principais Revistas de Administração científicas:

Revista de Administração de Empresa da FGV SP
Revista de Administração Contemporânea – ANPAD
Revista de Ciências da Administração – RCA – UFSC
Revista Eletrônica de Administração – UFRGS
Revista de Administração da USP

Projeto Mapa Brasil Afrotech

Quando falamos de Administração, alguns temas continuam sendo um pouco que tabus. A discriminação racial é um deles. No discurso de muitas empresas, vivemos a máxima da igualdade racial plena, do Brasil sem discriminação ou do “as empresas tem o direito de escolher quem serão seus empregados”. Na dura realidade a discriminação é velada, muitas empresas abrem mão da possibilidade de ter profissionais com grande potencial de trabalho por conta da condição racial. majoritariamente a discriminação é com os negros, mas também acontece com indígenas e outras raças.

Dentro deste quadro, vale a pena destacar algumas iniciativas que visam mostrar que o potencial de trabalho independente da questão racial. Um projeto em especial chama a atenção, trata-se de iniciativa da UNICAMP, que visa: ” disponibilizar aos pesquisadores e à comunidade um banco de dados, a conter informações qualificadas sobre desenvolvedores e participantes afro-brasileiros inclusos em projetos com características de inovação tecnológica e, em destaque, em componentes correlatos ao ambiente das novas tecnologias e mídias digitais”.

O Projeto Mapa Brasil Afrotech disponibiliza informações sobre profissionais e instituições que mostram o potencial e a capacidade de profissionais negros em todos o país. vale a pena conhecer cases como:

Nadia Ayad:
vencedora do concurso Global Graphene Challenge onde apresentou “apresentou a idéia de usar grafeno para um dispositivo de filtragem e um sistema de dessalinização que forneceria água potável para as famílias. Sua idéia reduziria significativamente os custos de energia e sobrecarregaria os suprimentos de água atuais, reciclando a água”.
veja em: https://www.sandvik.coromant.com/en-us/aboutus/lookingahead/pages/the-graphene-challenge.aspx

Ale Santos:
“Escritor de Ficção e Fantasia Afro-americana, que representou o Brasil em uma Antologia Mundial de Scifi (2013). Pesquisador de narrativas africanas, citado pela revista Piauí como o Cronista dos Negros no Twitter, é colunista da Vice Brasil, já colaborou com The Intercept Brasil e a Revista Superinteressante . Reconhecido pelas thread com narrativas afrocentradas que já alcançaram milhões de visualizações no twitter. Dá aulas de Gamificação na pós da ESPM e como consultor, além de desenvolver projetos para startups, foi um dos responsáveis por 5 edições da gamificação do maior evento de TI da América Latina, o IT Forum”.

Veja em: https://alesantos.me/

Vale do Dendê
A Escola Vale do Dendê oferta cursos, treinamentos, workshops e formações com foco no público corporativo e para o público geral. Usando metologias disruptivas e com os melhores consultores do campo da inovação e diversidade do Brasil, nosso braço educacional tem como objetivo aproximar os conceitos complexos criados no Vale do Silício e em outros centros de inovação para o público com menor poder aquisitivo. Nosso lema é “Inovação para Tod@s” e para isso realizamos parcerias com empresas e governos para levar cursos para as áreas mais populares do Brasil.

Veja em: http://valedodende.org/

Fonte: https://www.nied.unicamp.br/mapabrafrotech/

Mestrado de qualidade em Universidade pública e 100% gratuito – COPPEAD UFRJ

Formação de qualidade

O Coppead é uma das melhores escolas de negócio do mundo e oferece o único Full-Time MBA no Brasil que segue os padrões internacionais de qualidade em treinamento de líderes em negócios para uma atuação global. Por isso, o programa tem parceria com 42 escolas de alto padrão em todos os continentes. Além disso, por fazermos parte da mais tradicional Universidade Federal brasileira, o nosso programa é 100% gratuito e corresponde no Brasil a um mestrado stricto sensu.

No Coppead, os alunos estão imersos em um ambiente internacional e diversificado, dentro de um programa oferecido inteiramente em inglês e que recebe candidatos de diversos países e estados do Brasil. Isso permite uma experiência diferenciada em sala de aula, associada à formação de um networking global. Nossos alunos são desafiados a se reinventarem como líderes e cidadãos globais que fazem a diferença. É por isso que entendemos nosso programa como uma oportunidade de transformação, onde o aluno capacita-se profissionalmente, mas, sobretudo, constrói uma nova versão de si mesmo.

Fonte: Coppead – https://www.coppead.ufrj.br/pt/mestrado/

Pelo direito de saber o que comemos

Uma questão importante para Administradores e para a sociedade em geral, normalmente desconsiderada, é a qualidade da alimentação que consumimos nos dias de hoje. Não se trata de desqualificar o papel do agronegócio e da indústria de processamento de alimentos no âmbito mais geral, mas sim a importância de o consumidor saber sobre o alimento que esta chegando à sua mesa. Neste aspecto falamos de transgênico, de taxas de sódio, de conter ou não lactose e outros itens fundamentais para as pessoas com intolerância alimentar, etc.

Os produtores resistem a dar transparência aos dados e informações sobre os produtos. Como diz o IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), ” Informações importantes sobre os alimentos que você consome nem sempre chegam até você e isso pode levar a escolhas erradas. Com rótulos mais compreensíveis e informação adequada, as pessoas podem fazer escolhas alimentares mais conscientes e, consequentemente, mais saudáveis”.

Encampamos a proposta do IDEC e de pesquisadores da UFPR (Universidade Federal do Paraná) encaminhada à ANVISA para aprimoramento da rotulagem de alimentos.

veja a campanha em:

https://idec.org.br/direitodesaber

Temos direito de saber o que comemos:

Fonte: IDEC – Vídeos produzidos pela campanha,

Empresa Jr. Unijui

Da Universidade para a vida

Logo que iniciei os estudos, na Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, popularmente conhecida como Unijuí, confesso que não sabia ao certo o que estava buscando, sabia da necessidade de buscar pelo conhecimento, pelo estudo, isto sim, mas a certeza do que exatamente buscava não fazia parte dos meus pensamentos, na época.

Tão real este sentimento que, lembro-me em uma noite em sala, a professora instigou-nos a falar sobre as motivações pela escolha do curso, em um tom um pouco descontraído, lembro-me de ter dito: “não sei certo o curso que gostaria de realizar e então por este motivo escolhi Administração.”

Esta experiência ficou na memória, dando lugar para outras novas e desafiadoras, da vida acadêmica, e do curso escolhido. Um mix de sentimentos e novas sensações por romper barreiras, por entender o processo, o surgimento da história administrativa, das grandes mentes brilhantes e seus tão conceituados livros, servindo como “bíblia” não apenas como referências bibliográficas, entender o processo do pensador, é fundamental para o crescimento, tanto de nós mero indivíduos quanto em sociedade.

Uma das experiências mais marcantes da minha vida acadêmica, teve início em 2015, como voluntária na Empresa Jrº, tive a oportunidade de fazer parte da equipe como Presidente, no ano seguinte. Foram experiências de trabalho, de consultoria, aplicação de questionários, pesquisa de mercado, tabulação, a importância dos dados e das relações tornaram-se mais essenciais que já estavam. Formamos um time muito bacana, com camisetas personalizadas, com registro de ata das reuniões, com previsões de tarefas, e por vezes não conseguíamos dar conta da demanda trazida. Os contatos eram feitos pelo público externo na Universidade, que entrava em contato conosco explicando a necessidade, o próximo passo era marcarmos uma reunião para troca de ideias, sempre em conjunto de um professor que nos auxiliava, dando suporte e credibilidade.

Com a crescente aceleração tecnológica, está mudando a maneira de composição das empresas, inclusive as novas formas de reuniões, a organização dos processos ajudou muito na minha visão empresarial. Organizamos eventos acadêmicos, e de certa forma posso dizer por todos do grupo, sentíamos importantes em representar a Universidade, um estágio dentro da própria Universidade.

Todos os estudantes, independente do curso, mas principalmente futuros Bacharéis de Administração deveriam passar pela experiência que passei, deveriam buscar novas formas de aprender, de se inserir, de arriscar, inclusive em eventos que não sejam específicos da sua área de atuação, aumenta sua visão e o fato de você sair da caixinha já vale a pena, e muito.

Hoje quase me formando, felicíssima na área e profissão que escolhi, não me vejo em outro lugar, administração tem em tudo, é essencial para a empresa, seja pequena, média ou grande, podendo ser Microempresário Individual ou concursado, não importa, importa a forma como você se reinventa, como aproveita as oportunidades que a vida lhe dá, isso vai deixar você mais fraco ou mais forte.

Equipe da Empresa Junior

Contribuição de:
Karla Letícia Morais da Silva
Estudante 7º semestre de Bacharel em Administração
Unijuí