A diversidade que rende lucros

Como as empresas vêm percebendo que adotar ambientes e políticas de diversidade podem tornar os negócios mais lucrativos

O quadro de executivos das empresas brasileiras é composto por 13% de mulheres, 4% de negros e 0,6% de pessoas com deficiência. A decisão de compra nas famílias é feita por mulheres na proporção de 61%; o “pinkmoney”, dinheiro movimentado pela comunidade LGBT, soma cerca de R$ 420 bilhões por ano somente no Brasil. Enquanto as corporações ainda engatinham para incorporar a diversidade entre seus quadros superiores, o mercado mostra que ignorar esse segmento pode custar caro.

“Quando as empresas entendem que a diversidade não é apenas uma questão filosófica, que pode trazer resultados, elas realmente mudam”. A afirmação é da administradora Thalita Gelenske, fundadora e CEO da Blend Edu, empresa especializada em sensibilizar e educar as corporações sobre a importância da diversidade.

Thalita trabalhou por sete anos desenvolvendo políticas de diversidade numa multinacional. “Eu atuava disseminando essa mensagem dentro da empresa. Dialogando com outras companhias, profissionais de RH e até marketing, fui identificando essa demanda e comecei a pensar em como empreender e disseminar a mensagem da importância da diversidade para as organizações”, conta.

Membro da comunidade LGBT e com vontade de mudar a realidade das empresas brasileiras quando o assunto é diversidade, ela pediu as contas da empresa onde trabalhava e montou uma start up para desenvolver ações de sensibilização sobre o tema, além de prestar consultorias. Assim nasceu a Blend Edu.

RESULTADOS PRÁTICOS – Quando é solicitada para atender uma empresa, o primeiro passo da Blen Edu é identificar a estratégia de negócios da companhia e pensar em como conectá-la com o tema da diversidade. “A partir disso, verificamos qual é a melhor forma de atuação: se começamos pela alta liderança, se focamos com recrutadores. Construímos uma estratégia que faça sentido como um todo”, explica.

Antes de qualquer coisa, a Blend Edu incentiva as empresas a fazerem um diagnóstico da diversidade, para entenderem seus ambientes. “Temos que ter dados para tomar decisões e saber onde queremos chegar”, explica Thalita.

Mas o trabalho não se limita a uma questão ética. “Há várias pesquisas que indicam o quanto a performance e a participação de mercado das empresas que promovem a diversidade conseguem atingir. Fora isso, essas ações refletem diretamente na cultura interna, além de fazer com que os funcionários sintam-se mais engajados”, afirma a administradora.

A McKinsey&Company, empresa americana de consultoria, estuda há anos a diversidade no local de trabalho. Em 2015, publicou o relatório “DiversityMatters” (em português, “A Diversidade é Importante”), no qual analisou dados de 366 empresas de capital aberto no Canadá, América Latina, Reino Unido e Estados Unidos. O estudo procurou demonstrar como a diversidade impacta no desempenho financeiro das empresas. Evidenciou-se que as que promovem a diversidade racial e étnica, por exemplo, estão 35% mais propensas a obterem retornos financeiros acima da média nacional de seu setor.

Outras pesquisas também demonstram o impacto (positivo) da diversidade nas companhias. Estudo promovido pela Harvard Business Review, em 2016, mostrou que organizações que trabalham com políticas de diversidade têm 45% mais chances de aumentar a participação de mercado durante o ano.

Outro estudo, dessa vez do banco CreditSuisse, de 2017, apontou que empresas que trabalham com políticas globais para o público LGBT registraram um crescimento no lucro 6,5% maior nos últimos 6 anos, quando comparado aos concorrentes que desprezam a diversidade.

A consultoria HayGroup mostrou em outro estudo, de 2015, que os funcionários estão 17% mais engajados e 75% deles reconhecem que tem espaço para inovar quando estão inserido em empresas onde a diversidade é reconhecida e praticada.

Fonte: CFA

Clique aqui e confira matéria completa: https://online.flippingbook.com/view/1003310/14/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s